AS DIFERENÇAS DE SANGO E AYRÁ.


Muitas casas tem o hábito de tratar Ayrá como se ele fosse um caminho de Sango, mas isso é um equívoco.

*Sango é natural da província de Tapá, é filho de Oranian, neto de Oduduwá, usurpador do Trono de seu irmão Ajaká.

*Ayrá é natural das terras de Abomé e Savé, filho de Yalujá e serviu como general na cidade de Oyó.

Sango tem poderes sobre os Raios e o Fogo. É marido de Oyá, foi casado também com Oba e Osun. 

Ayrá tem poderes sobre os ventos, sobre o fogo e também pode se manifestar em água, foi casado com Osun.

Ayrá era leal a Dadá Ajaká, o verdadeiro Alafin de Oyó. Quando Sango toma a força o trono, Ayrá se põe contra ele, peleja e consegue destronar Sango devolvendo o trono a Dadá.

Ayrá se veste de Branco e cores claras. 
Sango se veste de cores fortes, tons de vermelho e Marrom.
Ayrá usa um machado de apenas uma lâmina e a chave que ganhou de Osalá.
Sango usa um machado com a lâmina dupla e o seu Sere (xére).

Ayrá é louvado na festa "Fogueira de Ayrá", e Sango é louvado na festa "Amalá de Sango".

O assentamento de Ayrá fica no quarto de Osalá e Sango fica em quarto separado.

Ayrá é o protetor de Osalá, já Sango erroneamente prendeu Osalá por sete anos nas masmorras de Oyó. Então somente Ayrá pode carregar Osalá, Sango não é bem vindo.

Ayrá tem cantigas específicas, um culto específico.
Saudação de Ayrá: AYRÁ LÊ!

Saudação de Sangô: KAWO KABIECILE!
Jamais devem ser confundidos.

Asé!

Nenhum comentário: