AYRÁ MODÉ.


Quando o reinado de Sango acabou, Ayrá teve de deixar Ilê Oyó.
Conta o mito que Ayrá Modé se vestiu de Osun para ser confundido durante uma busca para prende-lo. 
Osun, então o ajuda a fugir e o presenteia com o poder sobre as águas quentes, as águas nas terras vulcânicas e as águas ferventes.

Modé é cultuado em águas doces e tem uma profunda rejeição por sal.

Este Ayra também caminha com Osalufon e Ogyan, tendo sido aceito nas terras dos Orisás Funfuns como porta voz e guardião de Osalá.

Ayrá Modé é o mais belo entre os caminhos de Ayrá.
É bem vestido e bem ornado, jovem e ágil.
Tem profundas relações com Osun Ipondá, Osalufon, Osogyan e Yemonja.

Modé carrega um machado de uma única lâmina, um Xére e uma chave, podendo também usar um Iruke e um Abebé, revelando ser um homem de alta posição.
É um orisá altivo.

Ayra Lê!

Nenhum comentário: