DADÁ.


Dadá é o irmão mais velho de Sango.

Dizem que foi Dadá Ajaká que criou Sango. Dadá era o primogênito, o herdeiro de Oyó e amava muito o pequeno Sango, mandou buscar ele no reino de Tapá e o criou como seu filho. 
Dadá mimou tanto Sango que ele ficou mesquinho e egocêntrico.

Um dia Dadá se distraiu e Sango acabou por cair dentro das brasas do fogão de lenha. Dadá se desesperou, mas quando ele parou para observar, Sango não se queimou, ele brincava com as brasas.

Dadá deu todo seu carinho a Sango, mas quando Dadá herdou o trono, Sango traiu ele, o baniu do reino e usurpou o título de Rei.
Mas Dadá perdoou Sango e por isso Sango pede que sempre que louvarem ele, louvem também a Dadá.

Dadá é um homem de bom coração, é  pacífico, ama seu povo.

DADÁ MAÀ SOKÚN MO
O FEERE ONI FEERE
O GBE L'ORUN
BABA KINI LONON AA RI
(Dadá não chore mais.
É sensível e tolerante, ele vive no
Orun, é o pai que olha por nossos
caminhos.)

Kabiesile!

Nenhum comentário: