ÒSÓÒSÌ NÃO ACEITA CABEÇA DE BICHOS EM SEUS RITUAIS.


O Ori(cabeça) dos animais de Osoosi são um Ewó(proibição), uma interdição desse Orisá. Osoosi não come a cabeça dos bichos!

Comemorando uma caçada vitoriosa, Osoosi deu uma grande festa. Matou um boi e colocou a cabeça na porta do palácio.

Todos os Orisás se faziam presentes na grande festa; Oxum com sua faceirice encantava a todos; Yemojá com sua elegância, coberta de jóias; Sangô dançava freneticamente ao som dos tambores...

Os bandidos da aldeia vizinha souberam da grande festa dada por Osoosi e se puseram à espreita, aguardando o momento certo para saquear o palácio.
Avançaram, mas quando chegaram na entrada do Palácio, a cabeça do boi mugiu, avisando a presença dos inimigos, os quais foram imediatamente pegos e mortos, ficando o palácio salvo do saque.

Desse dia em diante, Osoosi exigiu que não se oferecesse cabeças em seus rituais. E em consideração passou a cultuar o boi como um animal sagrado.

Apenas uma qualidade de Osoosi aceita a cabeça do boi. (
Odé Issambô )

AROLÊ!

Nenhum comentário: