OSUN SEDUZ SEU FILHO LOGUN EDÉ.


Certo dia Logun Edé saiu para caçar. 
Quando estava no topo de uma cachoeira, olhou para baixo e viu uma linda mulher sentada nas pedras, tomando banho e se penteando. 

Ele ficou fascinado pela beleza desta mulher. Aí ele desceu e ficou olhando-a escondido. 

Osun com seu abebé (espelho) viu que havia um homem a observando. 
Virou o abebé para ele. 

Neste momento Logun Edé se encantou e caiu nas águas em forma de cavalo marinho, indo pra cima de Osun.

Iansã passando com o vento, tudo avistou. 
Desesperada correu atrás de Osun e disse a ela que aquele menino que ela havia encantado era seu filho Logun Edé, que um dia ela havia deixado em cima de um lírio. 

Osun desfez o encantamento e disse que a partir daquele dia Logun Edé viveria seis meses na terra como o pai, comendo da caça e seis meses viveria com ela, comendo do peixe.

Nenhum comentário: